FANDOM


Tara Maclay foi uma bruxa, membra da Turma do Scooby, e ex-namorada de Willow Rosenberg. Nascida em 16 de outubro de 1980,[1] Tara cresceu em uma família tradicional onde seu pai e seu irmão mais velho impunham a crença de que as mulheres da família eram parte demônio.[2] Ainda assim, Tara desenvolveu interesse em magia e teve períodos de rebeldia após a morte de sua mãe,[3] que também havia sido uma bruxa.[4]

Em 1999, Tara entrou para a Universidade da Califórnia em Sunnydale, onde conheceu Willow no grupo de Wicca Filhas de Gaea. Tara reconheceu em Willow seu interesse real em magia e as duas passaram a treinar feitiços juntas.[4] Willow manteve o relacionamento das duas inicialmente em segredo,[5] até que ela revelou ser lésbica para seus amigos.[6] No vigésimo aniversário de Tara, sua família foi atrás dela em Sunnydale por causa de sua suposta maldição como meio-demônio, mas os Scoobies declararam seu suporte a Tara e que ela era parte dessa família, e ela descobriu que a maldição era uma farsa.[2]

Tara se tornou vítima de Glória quando a deusa a interrogou sobre a identidade da Chave, e Tara manteve Dawn segura às custas de ter sua sanidade sugada.[7] Willow conseguiu restaurá-la[8] e as duas juntas ajudaram a cuidar de Dawn na residência Summers durante a morte de Buffy.[9] Tendo matado apenas uma criatura em toda a sua estadia como Scooby,[10] Tara se mostrava útil ao grupo não só por seus poderes mágicos inatos[11] e disposição à pesquisa, mas por sua personalidade prudente[12] e empática com todos ao seu redor.[13]

Após a ressurreição de Buffy, Tara desaprovou o abuso de magia que Willow passou a desenvolver,[12] eventualmente terminando o relacionamento.[14] Com o tempo, Willow provou ter superado seu vício em magia e conquistou Tara de volta.[15] Tara foi morta por um tiro dado por Warren Mears,[16] sua morte fazendo com que Willow caísse em uma espiral de luto e vingança.[17]

BastidoresEditar

  • Ela foi interpretada por Amber Benson e dublada por Izabel Lira.
  • Nos comentários para o episódio "Silêncio", Joss Whedon revela que, pensando Tara como uma "nova Willow," ele inicialmente havia pensado em escalar para o papel alguém que fosse fisicamente mais como Alyson Hannigan, logo "menor e menos feminina do que Amber." No entanto, Marti Noxon encontrou a vulnerabilidade desejada na atuação de Amber e a chamou de volta.[18]

ReferênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.