FANDOM



Athena "Nina" Jamison-Smythe foi uma Caçadora e a última a ser escolhida antes do fim da magia.

BiografiaEditar

InfânciaEditar

Nina era filha de dois Guardiões, Merrick e Helen Jamison-Smythe, e tinha uma irmã gêmea, Artemis. Quando ela tinha oito anos, seu pai faleceu, então Nina, Artemis, e sua mãe se mudaram da Califórnia para o Arizona, onde sobreviveram a um incêndio em casa. Com o uso de uma proteção mágica, Helen conseguiu resgatar uma filha de cada vez, e ser escolhida por última deixou Nina asmática, seus pulmões severamente danificados pela exposição prolongada ao fogo.

Desde então, as irmãs cresceram na Escola de Guardiões e raramente viram sua mãe. Em seus estudos, Nina não tinha permissão para realizar o mesmo treinamento que aqueles que queriam se tornar Guardiões completos, incluindo Artemis, então ela treinou para ser médica do Conselho dos Guardiões.

Nina acreditava ser superprotegida devido a sua mãe considerá-la incapaz e até inestimável, a mesma razão pela qual pensara ter sido salva por último no incêndio. Porém, anos depois, Nina aprenderia que Helen queria impedir o momento em que Nina se tornaria uma Caçadora, seu status como Caçadora Potencial a razão também pela qual sua mãe sabia que ela sobreviveria ao incidente.

Em 2002, o Conselho sofreu vários ataques de seguidores do Primeiro Mal na tentativa de encerrar a linhagem de Caçadoras. Nina e sua família estavam entre os poucos membros da sociedade de Guardiões que sobreviveram e permaneceriam em um castelo escondido em Shancoom, na Irlanda.[1]

ChamadoEditar

Nina e Artemis passaram oito anos na Irlanda antes da destruição da Semente da Magia, em 2006. Considerada a última Caçadora a ser chamada antes do fim da magia, Nina foi ativada no mesmo dia, mas só perceberia isso dois meses depois, depois de matar um cão infernal com as próprias mãos. Desde então, ela frequentemente encontrou Buffy Summers em seus sonhos e expressar o ressentimento que ela tem contra a Caçadora pela morte de seu pai, o primeiro Guardião de Buffy.

Com a descoberta de seus poderes, Nina foi treinada por Leo Silvera, o jovem Guardião pelo qual ela se apaixonara três anos antes. Enfrentando ataques do cão infernal à escola e o aparecimento do meio-demônio Doug, eles agiram com seus amigos Artemis, Rhys, e Cillian nas cidades de Shancoom e Dublin. A primeira grande luta de Nina foi em um clube de luta entre demônios na Siderúrgica O'Hannigan, onde ela resgatou a Caçadora Cosmina Enescu depois de sonhar com ela como prisioneira.

Investigando tais eventos, Nina acabou descobrindo um inimigo agindo dentro do Conselho, a Observadora Eve Silvera, que já havia matado seu tio-avô Bradford e Cosmina. Para proteger sua irmã da súcubo, Nina sacrificou seus próprios poderes de Caçadora, deixando Eve absorvê-los. Ainda assim, depois de entender os conflitos e escolhas de Buffy, e sua própria identidade como Caçadora, Nina conseguiu derrotar Eve, fechar uma Boca do Inferno recentemente aberta, e salvar o mundo — mas não sem deixar também para trás Leo, com com quem ela estava recentemente envolvida romanticamente.

Depois disso, Nina e seus colegas decidiram abrir as portas da escola para demônios resgatados da Prazer Natural, bem como as Caçadoras recentemente escolhidas que eles pretendiam procurar.[1]

ApariçõesEditar

ReferênciasEditar

  1. 1,0 1,1 Caçadora
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.