FANDOM


Humano foi a espécie dominante na dimensão da Terra, seguindo a regência dos Antigos.

HistóriaEditar

Os humanos da Terra se originaram no continente africano e foram aterrorizados por vários demônios, mesmo antes da história registrada. A primeira Caçadora foi criada por três magos chamados Homens das Sombras durante esse período para combater e derrotar os demônios. Depois que todos os demônios puros foram mortos ou levados a outras dimensões, as espécies de demônios restantes na Terra foram hibridadas com os seres humanos de uma maneira ou de outra — os mais notáveis sendo vampiros, demônios que bebiam sangue e habitavam corpos de humanos mortos.

Variações e aprimoramentosEditar

Embora os humanos comuns fossem limitados por limites naturais, como mortalidade, vulnerabilidade à doença, e falta de poderes sobrenaturais inatos, eles eram capazes de serem empoderados fisicamente por influência mágica ou científica, resultando em variações de diversos seres com origem humana.

Algumas dessas condições não alteravam seu status humano por si mesmas, enquanto outras eram espécies completamente diferentes. Com exceções específicas, essas variações e aprimoramentos também não se limitavam aos seres humanos.

SobrenaturalEditar

  • Vampiros se originou quando o Antigo Maloker matou e misturou seu sangue com um humano antes de ser banido. Através deste processo de criação, os vampiros tinham a capacidade de transformar qualquer humano nesses híbridos humanos/demônios mortos-vivos.
  • Zumbis, assim como os vampiros, eram humanos mortos reanimados, embora por meios mágicos, em vez de reprodução por troca de sangue, tornando-se soldados de infantaria irracionais que tendiam a manter sua aparência decomposta e mortal.
  • Múmias, semelhantes aos zumbis, eram cadáveres humanos reanimados magicamente, mas com poderes regenerativos.
  • Zumpiros foram um subproduto do fim da magia. Se um humano fosse transformado, eles surgiriam com características básicas de vampiro, mas sendo bestas obstinadas como zumbis.
  • Lobisomens sofriam de uma maldição de infecção que os transformavam em bestas como lobos durante as noites de lua cheia.
  • Demônios da vingança tornaram-se demônios híbridos após o recrutamento por D'Hoffryn. Com a perda de seu poder, eles eram capazes de se tornar humanos novamente.
  • Bruxos eram capazes de realizar feitiços mágicos, através de prática ou herança.
  • Caçadoras eram jovens imbuídas dos poderes físicos da maioria dos demônios, como força sobre-humana, velocidade, e resistência.
  • Fantasmas eram a manifestação espiritual de humanos falecidos.
  • Seres superiores podiam ter origem humana, variando em habilidades e circunstâncias.
  • Meio-demônios podiam nascer entre humanos e demônios.
  • Humanos também podiam se transformar em demônios, animais, e até objetos através de feitiços, possessões, e ascensões, temporal ou permanentemente.

CientíficoEditar

  • Ciborgues podiam ter origens humanas, com aprimoramentos sintéticos integrados em seus corpos com o objetivo de melhorar as capacidades físicas e/ou mentais. O status humano de um cyborg se tornava mais incerto quanto mais aprimoramentos eles tiver.
  • Demonóides bio-mecânicos eram uma combinação de intelecto humano, força demoníaca, e avanço tecnológico, tornando-os super soldados perfeitos. Sua criação exigia a reanimação de cadáveres humanos através de procedimentos científicos, juntamente com várias partes de demônios e robôs ligadas a eles.
  • Monstros aquáticos foram o resultado de experimentos de DNA, capazes de transformar humanos em criaturas meio-humanas/meio-peixes.
  • Havia também humanos que adquiriram habilidades paranormais devido a circunstâncias não sobrenaturais. Exemplos incluem Marcie Ross, que se tornou invisível por ser socialmente ignorada enquanto em proximidade à Boca do Inferno; Bethany Chaulk, que desenvolveu telecinesia por causa de abuso traumático; e a assassina cega Vanessa Brewer, que obteve suas habilidades de sensibilidade através de treinamento.
  • Um humano poderia nascer com poderes, como foi o caso de Drusilla e Cassie Newton com habilidades premonitórias, Agnes Bellfleur com empatia, e Gwen Raiden com eletrocinese.
  • Uma poção de origens desconhecidas utilizada por Pete Clarner era capaz de transformar um humano em um monstro.

Origens não humanasEditar

  • Através de um ritual de incorporação, a Chave foi transformada em humana pela Ordem de Dagon, para ser protegida pela Caçadora como sua irmã. Como Dawn Summers, ela manteve algumas habilidades de Chave e acabou sendo considerada também um ser superior.
  • A deusa Glorificus teve um equivalente humano, Ben Wilkinson, criado para ela ser banida para a Terra. Como um único ser, eles frequentemente se transformavam um no outro, mas não compartilhavam suas memórias. Eles eventualmente morreram em forma humana.
  • A Antiga Illyria possuiu o corpo humano de Winifred Burkle. Eventualmente, ambas compartilharam o mesmo corpo com suas habilidades individuais.
  • Algumas criaturas não humanas foram capazes de manifestar disfarces humanos, mágica ou artificialmente, sem que se tornassem humanos reais. Esse era o caso dos demônios Natalie French, Hans e Gretta Strauss, Kathy Newman, a Wig Lady, e Lissa, assim como o Primeiro Mal. Criaturas como vampiros e demônios da vingança tinham sua aparência humana original como um de seus rostos.
  • Alguns robôs foram construídos com aparência humana, como Ted Buchanan, April, Buffybô, e Warren Mears. Apesar de não humanos, eles frequentemente enganavam os outros como tais.
    • Em certo ponto, a Buffybô teve sua mente habitando o corpo humano de Buffy, enquanto a mente de Buffy habitava o corpo robótico de Buffybô. O estado humano de ambos os indivíduos durante essa troca é discutível.
  • Demônios com origens humanas também poderiam ser transformados em humanos novamente com a perda de seus poderes místicos. Era o caso de demônios da vingança tendo seu centro de poder destruído ou simplesmente sendo demitidos; e vampiros em contato com o sangue de demônio Mohra, através da Profecia Shanshu, ou tendo sua energia mística absorvida (resultando em sua morte).
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.